INJITUS, O ELEMENTAL MESTRE PARTE 1 DE 6

Cerca de seis anos atrás, Injitus saiu correndo risonho de sua cabana que ficava na Vila de Ophir. Era uma criança diferente de todas as outras da GRANDE CASTLE ROCK, que compreendia os quatro imensos quadrantes que dividiam a cidade.

Injitus havia nascido de parto normal que não fora tão normal assim. O parto fora difícil e o oficial da medicina teve que escolher entre sua mãe ou ele. Acabou escolhendo-o.

Desde os primeiros passos, o menino já tinha intimidade bastante com a natureza, tanto que fora várias vezes dado como desaparecido e diversas vezes encontrado, ou enrolado em plantas, mergulhando profundamente no rio, brincando com fogo e diversas outras estripulias. Apesar de tudo isso, nunca havia se acidentado com nenhum dos elementos.

Muitos achavam estranho e algumas pessoas já haviam tentado ou se livrar dele ou pegá-lo para sacrifícios.

Um dos que tentaram se livrar do menino foi seu próprio pai. Quando completou quatro anos, tentou vendê-lo para um mercador que estava de passagem pela cidade, mas o mesmo com pena do garoto denunciou o pai dele ao oficial governante e seu pai teve que fugir as pressas da vila.

Assim sendo, o oficial governante passou a ser responsável pela educação e tutela de Injitus que cresceu saudável, mas sempre cada vez mais afeiçoado aos elementos da natureza.

Apesar de gostar de todos os elementos, o menino tinha predileção aos vegetais e aos dez anos já era considerado por todas as pessoas da vila graças à educação que o oficial governante tinha lhe dado, porém um dia começara a sentir vibrações estranhas no ar. Era como se o ar fosse como uma folha de papel e tremesse.

Isto ocorreu durante seis dias até que passou a notar o céu da vila nas cores violeta e rosa. Apesar de tudo aquela coisa estranha ele estava bastante calmo.

No mesmo dia se retirara até a floresta para meditar sobre aquilo tudo e foi quando encontrou atrás de uma árvore um ser bem parecido com um anjo, com a diferença que esse era colorido de rosa e violeta. Era um ser de uma beleza extrema, quase inocente.

Injitus perguntou quem ele era. O mesmo ficou em silêncio durante 10 segundos e depois respondeu que era um Silfo.1

O ser então explicou que tinha vindo para lhe entregar uma poção que lhe daria o poder para interagir com todos os poderes do ar.

Injitus estranhou e perguntou porque ele estava recebendo esse presente. O anjo então explicou que ele estava destinado a ser o ELEMENTAL MESTRE, ser que dominaria todo o poder da natureza. Apesar de toda sua inteligência e bondade, Injitus tomava tudo isso como uma brincadeira e inocentemente aceitou a poção e bebeu a mesma que estava em um estranho cálice fornecido pelo Silfo.

Injitus pensou que os poderes iriam aparecer instantaneamente, mas nada aconteceu. O ser de luz colorida explicou que ele deveria esperar o poder se ambientar em seu corpo para que pudesse ficar disponível. Também explicou que agora ele se tornara o Elemental Mestre do Ar.

Depois que se passara um minuto, o ser de luz desapareceu bem devagar e Injitus não estava mais vendo o tremor colorido no ar. Agora tudo tinha se normalizado.

Injitus voltou correndo para a vila e várias pessoas o chamaram, mas ele ignorou e correu para casa e se deitou em sua cama.

Como todas as pessoas estavam acostumadas a um outro Injitus, logo correram até sua casa pra saber o que tinha ocorrido. Chamaram várias vezes, mas ele não respondeu. Então foram embora. Esperou o oficial governante chegar de seus afazeres e dormir. Foi então que arrumou algumas roupas  em uma tipóia e saiu caminhando em buscas de respostas. Mas para Injitus, antes de achar qualquer resposta, muitas questões surgiriam e muito em breve os poderes do ar seriam descobertos.

1. Seres mitológicos da tradição ocidental

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s