CASTLE ROCK – O TERROR DAS PROFUNDEZAS – CAPÍTULO I

Aeroporto de Castle Rock, dois dias depois…

– Bom Luke, tome cuidado e veja se não arruma encrenca.

– Martin, não vejo motivo para isso, esqueceu que tudo será bancado pela Universidade de Tóquio? Não posso perder essa oportunidade de atualizar meu banco de dados a nível mundial.

– Bom, se é para melhorar nossas investigações, façamos este sacrifício.

– Deixe de preocupações homem, vai ocorrer tudo bem.

Assim dizendo, deram um abraço e Luke seguiu para a sala de vôo internacional. Martin resolveu passar em casa antes de ir para a faculdade.

Vila de Ophir…

– Mestre ouvimos rumores que em breve o rio vai ficar inútil.

– Eu sei Kitoh. Tenho que contatar Zhélia para saber o que está acontecendo. Talvez algo de muito terrível vá acontecer muito em breve a menos que tomemos providências urgentes.

– E o que eu digo para os moradores da vila Mestre Injitus?

– Diga que precisarei me ausentar. Você fica no meu lugar até eu voltar.

Mais tarde, na margem do rio, Injitus lançou seu poder telepático para que as criaturas marinhas do rio pudessem avisar Zhélia que ele precisava conversar.

Rio Castle Rock, Negrume…

-Como estão os preparativos para o ataque?

– O exército já está todo armado senhor. Desta vez sairemos vitoriosos.

– Mas não podemos nos esquecer que temos um inimigo que pode dificultar muito a nossa conquista, mas já infiltrei combatentes entre eles. Os humanos nem desconfiam que ao lado deles pode ter um de nós, mas eles pensarão ver um semelhante deles mesmos. A cidade de Castle Rock que será a primeira cidadela a ser tomada servirá de base para a conquista muito em breve ou não me chamarei ARBOST ahahahahahahahahaha!!!!!.

Castle Rock, submundo do crime, Máfia…

– E você acha que o chefe não vai liquidar aqueles três Jimmy?

– É quase certeza que sim Marley. Precisamos ficar em alerta. Estou desconfiando que alguém tentará avisá-los.

– Temos que tomar cuidado com aquele elemento chamado Garra. A qualquer momento ele poderá tentar libertá-los de nossa influência e se isso o correr o chefe vai ficar puto.

-É verdade Marley, e como aquele detetive intrometido parece que está ocupado em um curso da faculdade e o amigo dele viajando, segundo nossos informantes então inicialmente temos que nos preocupar só com a polícia e com o tal do Garra.

– Jimmy, a policia não será capaz de salvar a vida daqueles dois sem a interferência do Garra. Então temos que ficar de olhos abertos…

Faculdade de Castle Rock…

– Bom estou agora devolvendo as amostras de sangue que vocês analisaram anteontem e gostei muito do resultado. Vocês tem grande possibilidade de ir para frente.

– Professor Rusty?

– Diga Martin!

– Gostaria de saber se todas as aulas terão tempo integral de 8 horas aqui na faculdade.

– Se tudo for de acordo com meu planejamento pode ser que eu libere mais cedo, agora isso vai depender dos senhores.

– É que eu tenho casos para resolver junto com a polícia e…

– Martin, se você quer se especializar tem que pedir dispensa ou agir no seu tempo livre.

– Ok obrigado pelo esclarecimento professor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s