UM CONTO DE ANO NOVO

Quando terminou de se vestir abriu a porta com a apreensão que teria se não soubesse quem esperava do outro lado. enquanto colocava as sandálias dizia algo sobre um pressentimento de que o ano que começava seria muito bom. ele ria dela e dizia ‘as pessoas dizem isso o tempo todo’. mas ela retrucava ‘eu nunca disse isso antes’. ele a beijou na testa e sussurrou ‘então vai ser melhor do que você espera’

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s