CONTAR UM CONTO

Quem conta um conto não aumenta um ponto. Aumenta muitos pontos. Existe um ponto que inicia um período e outro que respira em busca de inspiração. Existe ponto que se transforma em vírgula e outros pontos em pontos e vírgulas. Existem pontos que se triplicam, deixando o leitor em suspense, paralisado… Existe ponto rebelde e ponto subserviente. Existe ponto fraco e ponto forte. Existe ponto que traz alegria e ponto que traz tristeza.

            Quem conta um conto…

            Queria contar um conto que contasse aquilo que nenhum conto já contou. Para assim, talvez, o conto se transformasse num inédito conto. Mas tudo que se conta, parece já ter sido contado. Contar um conto é a coisa mais besta e mais honrada do mundo. O problema é que o mundo tá cheio de contos em todos os cantos; há uma epidemia de contos. Contos na sala, no quarto, na cozinha, na escola, na igreja, no trabalho; contos em todos os cantos. Tantos contos que existem nos cantos, que não mais existem cantos para o nascimento dos contos.

            Como nasce um conto? Certamente da inspiração do contista. Ele pensa num velhinho cego e um conto já quer nascer; pensa numa senhora gorda e outro conto que vir ao mundo; pensa num jogo de futebol, e mais um conto reclama para ser escrito.

            Mas há contos exigentes, contos cabeças-duras, contos que não querem semelhanças com outros contos. Querem ineditismo. É complicada a situação desses contos porque a vida é uma sucessão de contos semelhantes. Onde buscar a inspiração para um conto sem precedentes na história?

            Ora, quem descobrir, fica célebre.

            Por enquanto, vamos contando esses contos regados a pontos em tantos cantos dos nossos contos. Quem sabe um dia ganharemos com isso com algum conto.

Por Erisvaldo Vieira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s