O HOMEM IMPOSSÍVEL – A ASSASSINA – PRÓLOGO

CBR-HI-ASSAS-PRO-(13/07/2012)

Uma linda mulher trabalha em um dos maiores supermercados da cidade de Avelar. Ela recentemente foi admitida para testes. O período que já chega a um mês já está terminando e ela imprime grande esforço para ser admitida em definitivo. O esforço não foi em vão visto que vários colegas já a elogiaram por seu trabalho duro.

Certo dia, Nilza estava arrumando as prateleiras de um dos corredores que continham alimentos quando um homem a chamou.

– Nilza! Venha até o meu escritório pois preciso falar-lhe com urgência.

– Sim senhor.

A moça se dirigiu a uma porta que dava em um corredor. Neste corredor haviam várias outras portas , uma ao lado da outra separadas por poucos centímetros de parede.

Cada porta estava numerada e na porta numero oito ela parou. O homem entrou primeiro, depois ela seguiu.

O homem sentou-se em uma mesa onde havia um computador e disse:

-Estou analisando sua ficha. Seu período de experiência está terminando. Estou aqui decidindo se você permanecerá no emprego.

A moça fez uma cara de surpresa e perguntou:

– Meu serviço não está agradando?

O homem olhou nos olhos brilhantes da moça e disse:

Ao contrário, até agora você está sendo uma das melhores funcionárias que já trabalhou aqui neste supermercado. O problema está no fato que sua documentação é falsificada e eu como subgerente tive que averiguar entendeu?

– Sim senhor – falou a moça de cabeça baixa.

– Eu sei que você deve ter seus motivos Nilza.

– O senhor está certo, pois eu tive que sair de casa, pois meu pai estava sendo muito bruto comigo. Achava que tudo de ruim que acontecia com ele era por minha culpa. Mas mesmo assim, o senhor tem o direito de não me aceitar aqui.

– Nilza, eu não estou lhe despedindo. Eu vou manter você aqui trabalhando.

O homem levantou e passou sua mão direita carinhosamente no rosto da moça e após fez o mesmo dentro do seu decote. Quando ele passou a beijar o pescoço da mulher ela afastou-o e disse:

– Sr. Paulo pare.

O homem desconcertado, falou:

– Nilza, você não é obrigada a fazer isso se não quiser.

– Não é isso seu Paulo, é que aqui pode entrar alguém e ai já pensou o escândalo?

– Vamos então para o banheiro – falou o homem desejando-a.

– Se vamos mesmo fazer isso, seu Paulo é melhor irmos para o terraço.

– Tem razão Nilza. Lá é mais seguro.

Os dois então subiram para o terraço do prédio. Quando chegaram no local o homem queria ir logo aos abraços…

– Calma seu Paulo, vamos ver a paisagem que é tão bonita daqui de cima.

A mulher colocou a mão em sua cintura e ficaram na beirada do prédio observando a paisagem durante dois minutos. Foi então que ele a agarrou…

– Venha mulher que já não estou aguentando mais.

Neste momento ela aproveitou o descontrole do homem e deu um chute em seus “ovos”. O homem ficou sentindo dores terríveis.

– E agora ? está excitado? – perguntou ela sorrindo.

– Porque você fez isso? – perguntou agora ele.

– Para isso…

Em seguida deu um pontapé bem forte no homem que estava na beirada do prédio e caiu de cabeça no concreto da rua.

Ela em um sorriso maldoso exclamou.

– Um idiota a menos no mundo.

CONTINUA…

Por Alci Santos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s