A GAROTA COM OS OLHOS CASTANHOS

Hoje senti medo
Medo de te perder
Hoje vi o céu escuro
Era o medo de não te ver
Hoje a angustia tomou conta de mim
E eu comecei a não ter vontade de existir
Então parei e perguntei
Por que estou assim?
Logo a lembrança veio à mim
Lembrança do pesadelo que tive
Pesadelo onde eu perdia você
Onde perdia a vontade de viver
Onde o medo parecia prevalecer
Onde a dor começava a me corroer
E a vida aos poucos desfalecer
Compreendi que não havia graça na vida sem você
Compreendi que não podia mais viver
E no final do pesadelo
A minha decisão mais inconsequente
Veio transparecer
Pois num enorme precipício eu quis morrer
Não posso te perder por nenhum segundo
Você é a razão de eu me levantar
De eu respirar, de eu existir
Meu medo ainda gela minha espinha
Mas a sensação de sua presença
Vence meu medo e faz crescer o amor
Novamente compreendi que não somente gosto de você
O medo me fez entender
Que eu te amo demais
Eu não vivo sem você.

Por Naôr Willians

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.