O CAÇADOR DE RECOMPENSAS – POR TRÁS DE UMA VINGANÇA – CAP. 07

– Raios do inferno! – gritou um homem em frente a Edge.

– Não é só isso. O maldito nos deixou um bilhete.

Edge entregou o bilhete ao chefe e este leu-o.

– Olá caro mafioso, deve estar se perguntando agora onde estou para poder me enterrar debaixo de um bom palmo de terra. Mas, eu tenho uma proposta. Você está com uma maleta que preciso e eu estou com uma que você precisa. Se estiver disposto a fazer uma troca, encontre-me pessoalmente ao meio-dia atrás do estábulo Star, senão eu vou sumir com essa maleta e nunca mais você terá seu plano completo. Grato, John Caveira.

O mafioso amassou o papel.

– Que o diabo te carregue, Caveira! – reclamou furioso – Ele se acha muito esperto, no entanto, vou provar o contrário quando tiver feito dois buracos na sua cabeça com minhas mãos! Edge! Venha até aqui, eu tenho um plano!

***

Enfim, ao meio-dia atrás do estábulo Star…

– Mostre-me a maleta – pediu o mafioso de frente com Caveira.

John abriu a maleta. Tudo estava lá. O mafioso fez o mesmo.

– Antes de terminarmos – interrompeu o caçador de recompensas – Tenho uma pequena curiosidade. Para que precisa das maletas?

– Essas maletas contêm informações sobre Posh.

– Posh? As companhias de diligências Posh?

– Exatamente. Com esses documentos terei em minhas mãos, o controle das importações que são feitas por eles.

– Mas por que tanto interesse na Posh?

O mafioso ergueu a manga direita do paletó. O braço estava marcado.

– Tenho outros desses, a verdade é que o administrador geral da Posh era meu amigo, nós criamos a companhia. Mas, quando ele viu o negócio crescer, me traiu, matou minha esposa e minha filha. Depois me torturou e jogou-me no rio, entretanto, eu sobrevivi. Sempre fui rico, por consegui mudar de nome e aos poucos descobri cada ponto vulnerável da Posh. Acredite, só vou descansar quando ver aquele miserável debaixo de sete palmos de terra.

– Então, tudo se trata da sua vingança – comentou Caveira – Está bem, isso é o suficiente. Vamos fazer a troca.

Os dois aproximaram-se de maleta nas mãos.

CONTINUA…

Por Naôr Willians

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s