O VINGADOR NEGRO – O BRILHO DA GANÂNCIA – CAPÍTULO 05

Na entrada principal da mina…
– Não posso lhe deixar entrar amigo. Ordens do patrão – disse o vigia da mina barrando a entrada de Gabriel.
– Eu tenho uma autorização por escrito para vasculhar a mina vindo diretamente do seu patrão.
Gabriel pegou de seu bolso da camisa um pedaço de papel e entregou ao homem, que pegou e fez uma careta antes de ler.
“ Eu, Jeff Carter, autorizo o portador deste, a examinar de maneira total a mina seja a qualquer momento que o mesmo desejar.”
– Hummm, é a letra do patrão. Essa letra é ímpar. Você pode passar.
– Eu lhe agradeço, mas ouça: Somente eu e o detetive que Jeff falou na reunião, tem essa autorização. Então somente eu, ele e o Jeff podemos entrar aqui – disse Gabriel olhando nos olhos do vigia.
E assim, Gabriel pegou um candeeiro e partiu para adentrar na mina ao anoitecer. Ele precisava ser se encontrava alguma pista do meliante.
– Essa investigação à noite com somente um candeeiro, não será nada fácil, se não conseguir nada, amanhã tentarei durante o dia – disse Gabriel a si mesmo.
Então entrou na mina e foi cada vez mais avançando naquele ambiente sombrio. Ficou um certo tempo na mina e já estava para retornar quando ouviu passos à sua frente.
– Hum parece que tem alguém penetrando na mina durante a noite e não é ninguém autorizado – sussurrou Gabriel para si mesmo.
Resolveu então deitar e arrastar-se pelo solo da mina. Retirou sua camisa e colocou por cima do candeeiro, tendo o cuidado de deixar a parte de cima descoberta para a chama não apagar. Ao chegar mais á frente, um tiro ecoou nas paredes e estava relativamente próximo.
Gabriel teve que apagar a chama do candeeiro e imediatamente foi para outro lugar e disparou três tiros na direção de onde tinha ouvido o barulho anterior.
Os tiros pararam, mas ele preferiu voltar porque agora sem luz não se enxergava nada e com grande sorte, ele somente havia percorrido a reta inicial, sem ter entrado pelas maiores galerias que ficavam mais além.
Para ele era melhor não arriscar.Voltou então em linha reta até a entrada onde vários mineiros se encontravam assustados com armas e candeeiros.
– Calma pessoal. Sou eu Gabriel.

CONTINUA…

Por Alci Santos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s