12º D.P. – A MÃO NA CAIXA – CAPÍTULO 08

Residência do Sr. Steam…

– Senhor, tenho que ir, já está ficando tarde.

– Calma Rick, pedi para Jarvis preparar a nossa janta. Ele cozinha muito bem, você vai adorar.

– Sr. Steam, não quero abusar da sua boa vontade…

O homem ouvindo aquela frase deu uma gargalhada e disse…

– De maneira nenhuma você está abusando. Você é muito bem-vindo aqui.

12º DP, setor de casos recentes…

-Então temos vários desaparecimentos?

– Sim Will, mas somente dois são pianistas – mostrou Ming.

– Ah sim, somente vamos atrás dos pianistas da morte – expressou-se Will jogando seus olhos para cima.

– Veja só: Bob Honey 25 anos no conservatório Newcastle. Era estudante de piano. O informe de desaparecimento ocorreu um dia antes do encontro da primeira mão. Temos este aqui Yan Chang que era chinês de 21 anos, que só foi informado três dias depois do desaparecimento por sua tia. Estranho que eles moravam no mesmo lugar. O interessante é que só os dois eram pianistas e estudavam na mesma escola também, mas em salas diferentes – estranhou Ming.

– Ainda bem que não tem mais mãos cortadas Ming. Vamos aos endereços desses dois pianistas pegar o depoimento das pessoas que viviam com eles. Você fica com o chinês Ming que eu fico com o americano – disse Will.

– Nem sei o porquê de você dizer isso né Will?

Os dois parceiros se entreolharam e riram.

Neste momento, Will lembrou-se de uma fuga de doentes mentais que ocorrera três meses atrás. Todos foram presos novamente, menos um que era o mais perigoso. O caso estáva com Roger. Will pegou o celular e ligou.

– Alô? Roger? Tudo bem? Te liguei para perguntar sobre aquele psicopata que ainda não tinha sido capturado até semana passada. A situação mudou ou está no mesmo?
– Tudo na mesma. Após a fuga dos sete doentes mentais, pegamos seis o sétimo conseguiu se esconder bem escondido. Porque pergunta? Alguma pista?
– Estava pensando se ele não poderia ter algo a ver com o caso das mãos cortadas.
– Não é impossível Will.
– Caso apareça alguma novidade, me avise.
– Combinado!

Em outro lugar…

– E então Rick? Porque está com essa cara de espanto?

– Desculpe Sr. Steam é que a ficha não caiu ainda de eu estar na mesa de um grande homem da música, fora a sua generosidade e bondade.

– Pare com isso meu rapaz. Se você está aqui é porque merece. Apesar de eu doar muito para instituições de caridade, em minha casa só recebo quem acho que realmente merece e tem um grande futuro, afinal já convidei outros estudantes para vir aqui, e isso me alegra muito.

O velho homem chamou Jarvis apontando para os pratos na mesas e fazendo um movimento indicativo para tirar os pratos. O mordomo que na verdade era um coringa, fazia tudo naquela casa, embora o velho não fosse de dar trabalho, exigia tudo estar nos trinques. Naquela hora pegou alguns pratos e ficou com cara de poucos amigos.

CONTINUA…

Por Alci Santos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s