CORREIO BR – INFORMAÇÕES SOBRE CASA DO TERROR E CONTEÚDO DE TERCEIROS


Olá amigos.

Gostaria de informar-lhes que não publicaremos esse ano “CASA DO TERROR” que voltará em 2018 com uma temporada no primeiro semestre e outra no segundo.

Informamos também que a partir do mês de outubro deste ano de 2017 voltaremos a publicar histórias de outros autores que não eu e meu amigo Naôr.

Obrigado por seu tempo.

Por Alci Santos – Editor

Anúncios

12º D.P. – ESTRANHA AVENTURA – CAPÍTULO 2


– Pessoal, terei que sair neste momento. Urgências me chamam. Estudem sobre os turbilhões pois em nossa próxima aula verei quem é o manda chuva nesse assunto.

E assim ele saiu, dirigindo-se ao “Labo”.

Mais tarde…

Myran entrou em uma sala que mais parecia o gramado um campo de futebol.

Após andar alguns passos, chegou a uma grande redoma de vidro que permitia a visualização de vários turbilhões presos em água mágica e o que eles haviam capturado.

– Mas o que é isso Talik? O que aquela aeronave está fazendo aqui?

– Senhor parece que o turbilhão que a capturou está em crise.

– Como assim em crise?

– Identificamos um comportamento estranho de sair da superfície do mar. O turbilhão normal não tem esse comportamento.

De repente um alarme começa a tocar.

– Eu não acredito que isto está acontecendo Talik

– Mas é verdade senhor. Existem pessoas vivas dentro da aeronave.

CONTINUA…

Por Alci Santos

12º D.P. – ESTRANHA AVENTURA – CAPÍTULO 1


O avião começou a  cair e todos dentro dele começaram a gritar. Chegou um ponto que todos desmaiaram e neste momento o estranho turbilhão “engoliu o avião” e voltou para o leito do mar.

Enquanto isso, na cidade mágica chamada Xanadu…

CENTRO DE OBSERVAÇÃO UNIVERSAL.

– Não!

– Os turbilhões de Xanadu existem em vários tipos: Existem os de fogo, os de ar e os de água – explicou o Professor Myran

Um dos alunos da sala de aula perguntou:

– Eles são criados aqui em Xanadu ou são provenientes da natureza?

– Na verdade eles vêm da natureza, mas em tamanhos pequenos e são aprimorados aqui em nossa cidade.

Neste momento toca o comunicador:

– Myran falando.

– Professor, recebi um aviso que um avião foi capturado e que o senhor precisa ir ao “Labo” agora – disse sua assistente Tamryn.

– Tudo bem, avise que estou indo agora mesmo.

E assim desligou o comunicador dizendo em seguida:

CONTINUA…

Por Alci Santos

12º D.P. – ESTRANHA AVENTURA – PRÓLOGO


– Precisava ser de avião Will?

– Pare com isso Ming. De avião é a forma mais rápido de chegarmos até lá.

– É sério que passaremos pelo triângulo das Bermudas?

– Passaremos sim, mas fique tranquilo que o que acontece lá é só invenção.

Assim, Will virou-se para o lado em sua poltrona buscando uma posição mais confortável e se divertindo com o temor de Ming.

Ming, não tinha medo de viajar de avião, mas nessa viagem em que os dois iam passar férias nas ilhas chamadas Açores, onde morava um grande amigo de Will, o avião passaria pela área chamada Triângulo das Bermudas, conhecida por ser uma área repleta de desaparecimentos tanto de navios, como de aviões.

Neste momento o comandante avisa:

“Por favor apertem os cintos pois vamos passar por uma área de instabilidade”.

Realmente o avião que era um turbo-hélice, começou a balançar bastante.

Will agora preocupado com o parceiro, perguntou:

– Tudo bem Ming? Calma que é só turbulência.

Ming olhou para Will e disse:

– Engraçado.

– O que é engraçado Ming.

– Nas turbulências, as hélices dos aviões param?

Will olhou para a já nela e viu as duas hélices da asa direita paradas.

O pior foi o turbilhão de água saindo do mar…

CONTINUA…

Por Alci Santos

XANADÚ – CAPÍTULO 2


– Está bem L-ROM, vamos.

O robô que tinha um pequeno foguete nas costas, pousou em cima da mesa. Myran estendeu a mão e num impulso, o mesmo caiu bem na palma.depois em um outro pulo, jogou-se dentro do bolso do uniforme do centro que o professor vestia.

Myran saiu e fechou a porta.

Minutos depois…

O professou estacionou o seu carro e caminhou na direção do Centro.

– Olhem, lá vem o professor – disse um aluno apontando o dedo.

– Pessoal organizem-se em fila.

Os alunos todos se mobilizaram e entraram no Centro com o professor.

Myran chegou até o cocal onde estava Tamryn e pediu as chaves e prontamente foi atendido.

Saiu então de perto dela direcionando os alunos para um imenso elevador. Os rapazes entraram e oito andares depois desceram.

O professor os acompanhou até a sala de controle e observação.

– Escutem, vou dizer apenas uma vez para vocês. Quando estiverem lá dentro, não toquem em nada, principalmente em algo que pareça um ciclone de fogo em miniatura.

Um dos alunos curioso diz:

– Não sabia que existia ciclone feito de fogo.

– Vamos, lá dentro eu explico.

Entraram em uma sala imensa onde continham os mais diversos aparelhos e máquinas de controle de energia.

Bem no centro da sala em recipientes próprios para mantê-los aprisionados estavam cinco bolas de fogo circulando em volta de si.

CONTINUA…

Por Alci Santos

Esta minissérie se passa antes dos últimos acontecimentos em C.H.I.L.D.

XANADÚ – CAPÍTULO 1


Centro de Observação Universal – COU em Xanadú…

– Isso não está constando em minha relação senhor.

– Tamryn, como pode uma turma de acadêmicos estar esperando visitação aqui em nosso centro sem ter agendamento?

– Não tenho idéia senhor. Talvez o Professor Myran tenha algo a ver com isso, de vez em quando ele traz suas turmas para visitação sem aviso e sem registro.

– Tamryn, ligue para ele agora!

A mulher, já nervosa pela pressão, fez a ligação imediatamente.

– Aqui está senhor – disse ela apontando para um telão imenso na parede.

– Myran?

– Observador Mestre? Em que posso ajudá-lo, senhor?

– Foi você que enviou esses acadêmicos que estão aqui em nossa porta fazendo bagunça?

– Foi sim senhor, eles farão parte de uma aula expositiva onde mostrarei nosso centro de controle para eles.

– E porque você, não marca como qualquer um outro?

– Perdão senhor, mas infelizmente não tive tempo e o senhor sabe que não estou autorizado a marcar por telefone, apesar de eu trabalhar no centro.

– Faça favor de marcar da próxima vez ou sofrerá a punição adequada.

– Sim senhor.

Quando a ligação foi encerrada, o professor jogou os olhos para cima dando um suspiro.

De repente um pequeno robô de aproximadamente 24 cm apareceu voando e disse:

– Mestre, está na hora de sair para dar aulas.

CONTINUA…

Por Alci Santos

Esta minissérie se passa antes dos últimos acontecimentos em C.H.I.L.D.

XANADÚ – PRÓLOGO


Xanadú é uma cidade mágica.

Tudo nela se combina para obter o equilíbrio da energia cósmica.

As pessoas que vivem na cidade são imortais enquanto estiverem dentro de sua área circular que é fechada por um domo.

Á noite as estrelas brilham como luzes de neón.

Apesar de toda sua beleza, Xanadú tem guardado desde sua criação todas as matrizes de energia universal desde o início dos tempos.

CONTINUA…

Por Alci Santos

Esta minissérie se passa antes dos últimos acontecimentos em C.H.I.L.D.