DIMENSÃO T – PRÓLOGO


– Eu sou o Elementar Primordial.

 – Durante toda a criação eu estava ali testemunhando a criação do universo, das estrelas, dos planetas e das dimensões.

 – Testemunhei a criação das duas grandes forças: a ORDEM e o CAOS. Essas duas forças foram criadas para manter o universo em equilíbrio. A primeira representa as coisas boas enquanto que a outra as coisas más.

 – Quando uma dessas forças fica maior que a outra causa variações irregulares no local em que ela esteja agindo e a tendência é o desequilíbrio.

 – Recentemente essas forças entraram em conflito e acabaram por desequilibrar todas as infinitas dimensões existentes fazendo as mesmas se juntarem e se dissolverem.

 – As duas forças conseguiram entrar em equilíbrio em um ultimo instante que fez com que fosse mantida uma única dimensão com detalhes de todas as outras.

 – Resolvi chamá-la de Dimensão T porque é no planeta chamado Terra que se sentirá as principais diferenças do que era antes, para o que agora o é.

Somente eu e uma criatura chamada Prionailurus temos memória de como tudo era antes e isso porque eu permiti. Precisarei certamente da ajuda dele para contatar o Elemental Mestre, já que não posso aparecer para eles. Essa criatura felina irá servir de ponte entre eu e o elemental e entre o elemental e os seres do planeta Terra.

CONTINUA…

Por Alci Santos

 

Anúncios

O EVENTO DIMENSIONAL – CASTLE ROCK E O FIM DE TUDO


Após todos os eventos ocorridos em “dimensão do caos”, os amigos retornaram a Castle Rock. Estranhamente havia aparecido uma redoma na mesma e vários turbilhões haviam sido notados no rio.

Martin foi logo dizendo:

– Infelizmente estamos fadados a sucumbir. A névoa vermelha está quase em nós.

O Homem de 6 bilhoes de dólares foi logo dizendo:

– É pena que tudo seja extinto, eu ia ser o novo imperador da terra.

Luke olhou para ele e riu. Vik foi logo perguntando:

– Você está louco?

– T-35 que havia estado com Luan junto ao elemental Primordial, disse:

– Eu bem que sentia uma perturbação eletrônica toda vez que ele chegava perto. Acho que esse cara está avariado de alguma forma.

-Eu criei aquela nave em que aquele detetive fraco chamado Hank foi eliminado por mim e eu ia subjugar todos os humanos, era só questão de tempo, mas não consegui nada mais pois a neblina vermelha está chegando.

Neste momento aparecem os três elementares primordiais universais que dizem: O tempo se esgotou.A neblina vermelha reguladora das dimensões está em cem por cento.

Você Luan e Injitus devem dar as mãos agora. Vocês serão uma só força e ficarão distantes dos humanos aparecendo apenas em iminentes catástrofes não podendo interferir nos fatos comuns, Vocês se formarão em um ser de pura energia e se transformarão no tipo de energia necessária quando agirem e você gato. Terá a permissão de viver na terra e alerta-los quando necessário.

Quando os primordiais terminaram de falar, a neblina vermelha tinha consumido tudo e não restava mais nada.

Não percam em janeiro, a minissérie DIMENSÃO T que mostrará a nova realidade construída.

Um Feliz 2018 a todos nossos leitores.

Por Alci Santos

O EVENTO DIMENSIONAL – VINGADOR NEGRO E CAVEIRA


– O moleque disse pra gente seguir em direção ao leste.

– Eu sei John, mas temos que ver todas as possibilidades. Vou subir naquela árvore ali na frente. Parece ser alta o suficiente para ver o que tem em volta – disse o mascarado.

Viu que na direção leste estava uma espécie de cúpula. Mais algum tempo e ele desceu.

– O garoto estava certo. Temos que ir na direção que ele disse. Agora parece que a névoa vermelha vai chegar logo e não sabemos o que vai acontecer.

Assim os dois homens caminharam pela floresta, quando uma rede caiu sobre eles. Vários vultos armados com paus bateram neles até que desmaiaram.

Trinta minutos depois, foram desarmados e acordados com água. Notaram que seus atacantes não eram nada amistosos. Ao olharem para o outro lado, notaram uma figura que realmente dava medo.

– Mas vejam só agora os humanos querem habitar a floresta. Isso não vão conseguir porque eu, Arbost sou dono dela.

O Vingador e o Caveira que nunca haviam visto tal horror se assustaram e procuraram suas armas em vão.

Arbost mandou seus comandados tirarem a rede dos dois homens.

– Pronto agora corram, pois vou mandar meus lagartos atrás de vocês hahahahaha

Aterrorizados, os dois homens correram, e após um minuto, Arbost mandou todos atrás deles.

Infelizmente é o fim meu amigo. Vamos aceitar nosso destino. Não temos como fugir.

Os dois abracaram-se amigavelmente.

Rapidamente os lagartos chegaram, porem 20 segundos antes, o Vingador Negro disse:

– John, olhe lá em cima a névoa…Adios, amigo.

A nevoa rapidamente desceu e tomou conta de tudo e de todos. Em minutos todos estavam dissolvidos.

A SEGUIR: CASTLE ROCK

O EVENTO DIMENSIONAL – WILL E MING


Will, Ming, Susan e Mobo chegaram em frente ao COU e encontraram guardas na frente do prédio.

– Alto lá! O que desejam?

– Precisamos falar com o Professor Myran urgente.

– Temos ordem para não deixar ninguém entrar – disse um dos homens de guarda.

– Olhe amigo isso realmente é urgente. Precisamos falar com ele sobre essa mulher que está muito doente.

O homem olhou para a mulher que estava com um ar debilitado e disse:

– Tudo bem, mas somente um poderá entrar e falar com ele sobre isso. Os outros esperam aqui.

Will ficou meio contrariado, mas achou melhor não criar caso e disse:

– Tudo bem Luc, vá você que esperamos aqui.

– Vocês tem certeza? – perguntou o detetive.

– Sim, pode ir – respondeu Ming.

O guarda chamou alguém para acompanhá-lo até Myran e ficaram vendo ele sumir na porta do COU.

– Acho melhor voltarmos e ficarmos na floresta. Lá está mais fresco.

– Não acho legal. Se Luc e Myran quiserem falar com a gente não nos acharão.

Neste momento, um grande pedaço da redoma cai bem próximo deles e uma grande neblina vermelha começa a descer para os ares de Xanadú.

 As pessoas da cidade notando a neblina começam a correr tentando se salvar do inevitável.

Os amigos decidiram então ir para a floresta mesmo com o risco de não serem encontrados, mas ao ficarem bem próximos da mata…

– Alto lá humanos. Não ousem entrar em nossa casa.

Um grande lagarto comandando um mini exército de lagartos estava estacionado na entrada da floresta.

– Nem ousem dar mais um passo pois vamos destroça-los, ou não me chamo Arbost.

– Diabos, um jacaré falante. Era só o que faltava – disse  Susan jogando os olhos para cima.

– Pelo tamanho com certeza está mais para um crocodilo – disse Ming fazendo o mesmo trejeito nos olhos que Susan.

Para evitar algum problema os três voltaram para a entrada do COU e esperaram mais ou menos uma hora. Em um momento notaram um raio atingir o que restava da redoma e a derrubar por completo. Os três saíram correndo, mas era tarde demais. Em pouco tempo a névoa vermelha chegou até eles e tudo e todos foram desfeitos célula por célula e desapareceram.

 

A SEGUIR: VINGADOR NEGRO E CAVEIRA

O EVENTO DIMENSIONAL – LUC MOBO – ARANHA NEGRA E PETIT


Xanadú…

– Olá meu nome é Myran. Eu sou professor daqui do Centro de Observação Universal – COU. Ultimamente tem aparecido muita gente por aqui.

– Olá, sou Luc Mobo, Detetive Particular. Lá fora estão mais três pessoas que ficaram esperando. Gostaria de falar com o prefeito da cidade. Os guardas me trouxeram para cá no COU.

Não existe um prefeito aqui. Acho que posso ajudá-lo, pois sou  quem resolve os problemas da cidade. Qual o seu problema?

– Na verdade estou perdido e preciso voltar para Washington nos Estados Unidos.

– Acho que posso ajuda-lo, mas tem que me dar algo que você guarda para ser contido.

– Do que você está falando?

Estou sentindo uma grande presença de poder. Você deve estar com algo guardado Sr. Mobo.

‘- É verdade. Estou com um artefato maligno – disse o detetive mostrando para Myran que pegou o objeto e guardou em seu bolso.

Neste momento a porta da sala se abre e entra… Myran?

Luc notando a duplicidade perguntou…

– Mas quem diabos é esse, se você está aqui do meu lado?

Neste momento o homem tira a máscara…

– Petit? O que você está fazendo aqui? E porque essa palhaçada toda?

– Antes de mais nada quero apresentá-lo ao verdadeiro Professor Myran, cientista maior de Xanadú.

– Prazer em conhecê-lo.

Luc olhou para ele e disse:

– Eu não acredito que um  cientista sério tenha compactuado com tudo isso.

Petit ficou de frente para Mobo e também disse:

– Calma Luc. O capitão Frank me pediu para vir pegar as crianças e…

– Crianças? Que crianças? Quer me enganar novamente? Esqueça.

– Luc são as crianças do C.H.I.L.D.

– Não seja idiota. Elas estão desaparecidas.

Neste momento, Luc sentiu alguém empurrá-lo. Quando virou-se, viu uma figura aparecendo do “nada”.

– Hector?

– Luc sorriu e correu para dar um abraço em Hector. O garoto retribuiu o abraço.

– Hector, estava preocupado com vocês. Onde estão seus colegas?

O menino virou-se e disse apontando para a porta:

– Eles estão ali na outra sala. O capitão Frank chamou o Petit pra levar a gente de volta.

Luc passou as mãos carinhosamente na cabeça do menino e foi até Petit.

– Então é verdade.

– Sim Luc, é uma longa história, mas temos que achar o Aranha que está sumido.

Neste momento o artefato maligno cai do bolso de Petit e uma grande quantidade de fumaça se forma  na sala.

Por incrível que pareça a fumaça se esvanece rapidamente e todos notam um individuo caído no chão, imóvel.

Myran e Petit correm para ver quem é. A surpresa é grande quando Petit reconhece o Aranha Negra.

Durante três minutos tentam fazê-lo recobrar os sentidos e por fim conseguem.

– Aranha, onde você estava? – perguntou Petit

O mascarado olhou para ele e disse:

– Estive em um pesadelo e no fim dele, fui arremessado no espaço sideral por uma força que depois criou uma espécie de buraco negro e me jogou para dentro. Perdi a consciência e quando me acordei estava aqui.

Mobo viu o artefato e o pegou. De repente o amuleto revestiu Luc com uma energia azul fazendo-o girar em volta de si mesmo. A mesma energia foi lançada no Aranha Negra e o mascarado girou também em volta de si.

Myran e Petit correram com Hector e se juntaram ao resto dos meninos saindo do prédio.

– Temos que correr para uma nave. Se acontecer da energia atingir a redoma de Xanadú ela vai cair e eu não quero estar embaixo.

Correram então ao aeroporto onde ficavam algumas naves para deslocamento geral dos habitantes de Xanadú. No momento que entravam, o raio transformado em bola  atingiu a redoma exatamente onde ela já estava trincada e a destruiu por completo. Neste momento uma névoa vermelha atingiu Xanadú e tudo o que era sólido naquele local se desfez, inclusive a nave em que estavam Petit, Myran e as crianças. Tudo se desfez inclusive eles.

A SEGUIR: WILL E MING

O EVENTO DIMENSIONAL – C.H.I.L.D.


Xanadú…

Ash tentava ser rápido ao voar. Minutos atrás tinha encontrado O Vingador Negro e o Caveira que tinham sido transferidos para o presente. Os chamados elementares primordiais o recrutaram para enviar uma mensagem ao Homem Impossível e ao Elemental Mestre chamado Injitus.

O garoto tentara encontrar os mesmos mas não conseguira ainda.

– Não sei onde diabos eles podem estar, mas vou encontrá-los com certeza.

Neste exato momento, uma dor lancinante vindo de dentro de sua cabeça o fez ficar louco voando abruptamente de um lado para o outro.

Foi quando um raio o atingiu derrubando-o no chão. Ainda estava atordoado, quando notou um homem com uma arma de raios na mão e um outro mais jovem com um tipo de apito.

Imediatamente levantou-se para tentar os efeitos de turbilhões mas não conseguiu.

– Até que enfim peguei você. Achava que poderia voltar a Xanadú como nata tivesse acontecido?

– Professor Myran?

– Eu mesmo. Pensou que ia ficar livre eternamente?

– O que vai fazer comigo?

– Vou colocá-lo em um lugar a prova de fugas.

Mais tarde, no laboratório principal…

– Pronto. Você amarrado nesses dois pilares não vai ter como impedir o que vou fazer, mesmo porque está sob efeito da arma de raios que criei exclusivamente para pegar turbilhões. Criei também um apito sem som na frequência que desorienta tipos como você.

– Agora está vendo aquele tipo de mangueira com a ponta em metal? Ela é especial para sugar toda a matéria não humana, ou seja, vai lhe prender em uma câmara a prova de fuga para o seu tipo de energia deixando o material humano aqui fora, ou seja, devolvendo os garotos que você usou esse tempo todo, as crianças do grupo C.H.I.L.D..

– Não vou ficar mais aqui gastando saliva com você. Você não merece isso.

Myran fez um sinal e o aparelho foi ligado começando uma forte sucção na direção de Ash. Pouco a pouco o garoto foi se transformando em um turbilhão de fogo que foi puxado para dentro da nova prisão para turbilhões. No mesmo local que estava Ash, apareceram desacordadas as cinco crianças do grupo C.H.I.L.D., Cougar, Hector, Ian, Liv e Donny,  tendo a emergência corrido para acordá-los. Duas horas depois…

– Sim, Sr. Myran não sei como temos esses nomes na cabeça, mas parece que temos que enviar uma mensagem para alguém chamado Luan.

Myran deu um celular para Liv e ela tentou ligar para o Capitão Frank.

– Alô capitão Frank é Liv. Precisamos falar com o Sr. urgente.

– Liv? Você e os meninos não tinham desaparecido?

– Isso é uma história muito grande que contarei depois senhor. Estamos em uma cidade chamada Xanadú e precisamos falar com uma pessoa chamada Luan. O senhor conhece?

– Sim, sei quem é essa pessoa. Vou mandar Petit buscar vocês. Estou em uma reunião agora que não posso sair.

– Certo, vamos ficar aguardando.

O Oficial desligou o telefone em seguida, então Liv olhou para Myran e disse:

– O senhor poderia deixar a gente ficar mais um dia aqui? Alguém vem nos pegar.

– Claro, vou pedir para alguém preparar um quarto melhor pra vocês.

A SEGUIR: LUC MOBO, ARANHA NEGRA E PETIT

O EVENTO DIMENSIONAL – HANK


Semanas atrás…

Hank “aterrissou” suavemente no solo. Apesar de ter sido atingido pelo garoto, não houve maiores problemas. O detetive tinha pousado justamente no ponto em que tinha sido avistada uma nave estranha próximo ao rio Potomac. Após localizar a mesma, resolveu ver o que havia dentro…

– Mas que diabos é isso? Não basta toda a confusão que estamos e ainda aparece outra enrolada? Acho melhor dar uma olhada.

A nave não era muito grande,  mas dava para notar as portas que por incrível que pareça estavam abertas.

Hank sacou sua arma e entrou.

Dentro, não ficou surpreso com o que viu. Parecia o interior de uma nave com componentes tecnológicos, porém não alienígenas, pois o próprio Hank já tinha visto tais componentes em casos passados.

– Mas que diabos… alguém está querendo simular uma invasão e levar o caos para Washington. Tenho que ligar para o Capitão Frank

No momento em que Hank tirou o celular, para ligar para o militar, uma figura conhecida apareceu…

– Sinto muito, mas não posso deixar você ligar para o Capitão.

Hank tomou um susto e virou-se para a figura que estava às suas costas e perguntou:

– Mas que diabos você está fazendo aqui?

– Estou cuidando para que esse planeta tenha o dono certo.

Neste momento, o indivíduo levantou o braço e lançou uma lâmina estilo serra afiadíssima que teve destino ao pescoço do detetive fazendo a cabeça se separar do corpo.

– Era uma vez um detetivezinho de meia tigela ahahahahaha.

A SEGUIR: C.H.I.L.D.